-

A Visita dos Investidores Chineses

Em julho de 2023, uma delegação de investidores chineses visitou o simulador BREUCA. A visita foi organizada pela Câmara de Comércio Chinesa em Portugal, que está interessada em apoiar a internacionalização do projeto.

A delegação foi composta por representantes de várias empresas chinesas, incluindo fabricantes de automóveis, empresas de tecnologia e empresas de investimento.

Os participantes ficaram impressionados com o simulador BREUCA, e elogiaram o seu realismo e a sua capacidade de proporcionar uma experiência de condução envolvente.

Os investidores chineses destacaram as seguintes vantagens do simulador BREUCA:

Realismo: O simulador BREUCA utiliza uma tecnologia de Realidade Mista de última geração, que permite aos utilizadores experimentar um ambiente de condução realista, com gráficos 3D de alta qualidade e sensações de condução precisas.

Envolvimento: O simulador BREUCA utiliza uma série de tecnologias de imersão, como a realidade virtual, a realidade mista e o áudio surround, que permitem aos utilizadores sentir-se como se estivessem realmente a conduzir um carro.

Aplicação prática: O simulador BREUCA pode ser utilizado para uma variedade de aplicações, incluindo treino de pilotos, desenvolvimento de novos carros e educação rodoviária.

A Câmara de Comércio Chinesa em Portugal está a considerar apoiar o projeto BREUCA. A Câmara acredita que o simulador tem o potencial de ser um sucesso na China, onde o mercado de simulação automóvel está em forte crescimento.

O Potencial do Simulador BREUCA na China

A China é um dos países com maior taxa de sinistralidade rodoviária do mundo. Em 2022, houve mais de 6,5 milhões de acidentes rodoviários na China, com um saldo de mais de 39 mil mortos.

O simulador BREUCA pode desempenhar um papel importante na prevenção rodoviária na China. O simulador pode ser utilizado para educar os condutores sobre os riscos da condução perigosa e para ajudá-los a melhorar as suas habilidades de condução.

A BREUCA está confiante de que o seu simulador pode ser uma ferramenta valiosa para a segurança rodoviária na China. A empresa está a trabalhar para desenvolver uma versão do simulador adaptada ao mercado chinês.

< Return to news